Sexta, 24 de Setembro de 2021 15:45
(11) 94736-1607
Circuitos Turísticos Mini Evereste

Pico da Neblina: beleza e adrenalina tudo junto

Fechado para visitação desde 2002 atendendo a denúncias de moradores da região, agora a tribo Yanomami vão iniciar o ecoturismo ao Yaripo – nome dado ao Pico da Neblina pelos nativos. Ótima notícia para os amantes da natureza e adrenalina, que voltaram a visitar a região e praticar esportes de aventura em um dos locais mais lindos do Brasil.

16/03/2021 15h49
Por: Redação
Divulgação
Divulgação

O instituto Chico Mendes de conservação a biodiversidade (ICMBio) aprovou o plano de visitação Yaripo apresentado pelos Yanomamis em julho de 2017. A elaboração do documento contou com ampla participação dos Yanomami da região de Maturacá (AM) em um processo desenvolvido durante quatro anos em parceria com o próprio ICMBio, Funai, Exército, Secretaria de Turismo de São Gabriel da Cachoeira e Instituto Socioambiental (ISA).

O Pico da Neblina é duplamente protegido por pertencer à Terra Indígena Yanomami e ao Parque Nacional do Pico da Neblina. Por isso, o Plano de Visitação tem de ser aprovado também pela Funai, etapa final para que os Yanomami possam começar a levar turistas ao ponto mais alto do Brasil. A gestão da atividade será de responsabilidade da Associação Yanomami do Rio Cauaburis (Ayrca) em conjunto com a Associação das Mulheres Yanomami Kumirayoma (AMYK).

Alternativa de geração de renda

A visitação se apresenta como uma alternativa de geração de renda para os Yanomami e deve ajudar a suprir necessidades por bens manufaturados, hoje imprescindíveis à sua sobrevivência física e ao seu bem estar. Estima-se que 80 Yanomami terão renda, beneficiando diretamente 800 pessoas (parentes e afins), e o lucro da atividade turística será revertido para uso comunitário seguindo as determinações da assembleia geral da Ayrca.

Sob o aspecto da proteção territorial, o ecoturismo se apresenta como uma alternativa ao garimpo de ouro atualmente em vigor na região, praticado tanto por invasores quanto pelos próprios nativos. 

Quem tiver interesse em conhecer o Yaripo com os Yanomami pode se inscrever em uma lista de espera mantida pela Ayrca, mas deve ter paciência pois a visitação deverá ser aberta ao público somente em 2019, após a aprovação da Funai e a realização de etapas de formação dos Yanomami e melhoria da infraestrutura que ocorrerão ao longo deste ano.

Parque Nacional do Pico da Neblina

Localizado na fronteira com a Venezuela e Colômbia, o Pico da Neblina é o ponto culminante do País, com 2.995 metros de altura. Para os indígenas da etnia yanomami, se chama yaripo, que quer dizer serra dos ventos. Ele é considerado um local sagrado para os índios. 71% da área do Parque Nacional do Pico da Neblina possui interface com quatro Terras Indígenas; o que representa cerca de 25% do total de áreas com sobreposições no Brasil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Bernardo do Campo - SP
Atualizado às 15h33 - Fonte: Climatempo
21°
Muitas nuvens

Mín. 11° Máx. 25°

21° Sensação
18.7 km/h Vento
60.1% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 22°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (26/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Anúncio